Pagando Um

Em uma comunidade que participo no Orkut, surgiu a seguinte pergunta: como chupar / lamber / morder um pau?


Sei que esse assunto é batido e recorrente, mas surgiram boas respostas, dadas por homens, os realmente interessados, e algumas mulheres.

Resolvi resumir e acrescentar as dicas de um amigo com quem falo sempre no MSN, o Dr. Cocktop.

Aqueles que são chupados, como gostam de ser chupados? O que mais gostam nessa hora?

Eu gosto quando a língua passa bem na pontinha do pau e depois engole com a boca até o talo. Fico louco quando ele fica todo babado também, principalmente quando ela da uma cuspidinha nele.

Em minha opinião, a chupada perfeita é feita pela mulher que demonstra que realmente gosta de estar com minha pica na boca, que está sentindo prazer em me dar prazer, não é uma questão de técnica e sim de entrega.

Bom, em primeiro lugar e mais importante do que tudo: a mulher tem que fazer o que for com tesão. Se não está fazendo com tesão, está só pra agradar, a gente percebe e a graça fica diminuída.

Eu gosto quando a mulher perde o controle mesmo. Quando faça tudo ao mesmo tempo, sem muita lógica. Chupando, lambendo, batendo com o pau no rosto e na língua, tudo que tem direito.

Gosto de ser chupado com gosto, com volúpia. Sentir a fome, o desejo e o prazer de me ter todinho dentro da boca. Ser devorado, deglutido, absorvido. Servir de objeto de prazer oral. Não há nada que se compare a alguém que nos enfia todo na boca e nos sorve libidinosamente.

Aqueles(as) que chupam, como chupam?

Meu marido adora quando eu coloco o pau inteiro na boca e vou chupando, sugando fazendo uma pressão com os lábios até chegar na cabeça e depois dou aquelas lambidinhas na pontinha.

O que fazer com o saco?

Lamber, pegar (de leve). Lamber e passar os dedos no períneo é uma boa.

Seja delicada. Nada de mordidas nas bolas. Lambidas são deliciosas.

Falar ou não? O quê?

Falar sacanagem é sempre bom.

Falar? Não rola. Gemer? Sim!!!!
Mas se for pra dar um descanso nos maxilares, elogie o “menino”. Ficamos malucos com isso.

Punhetar junto, sim ou não?

Sim, claro. Na hora de masturbar o cara, o movimento não precisa ser longo (machuca quando vai muito pra baixo e passa do ponto). Pode até ser meio curto. O importante é não pegar com mão frouxa, tem que dar uma apertada legal no pau. É melhor quando fica mais concentrado na região central do pênis, mas apertar é fundamental, geralmente as mulheres seguram meio leve demais.

Para mim, tanto faz, prefiro mesmo a boca nele. Punhetar só serve como a preliminar das preliminares.

Olhar ou fechar os olhos?

Os dois.

Olhe! Para mim e para ele com devoção, e me terá pra sempre. Feche os olhos! Como quem diz “aaaaaaiiiii que tesãããããooooo”… e eu ficarei maluco.

Engolir ou não?

Tanto faz.

Engolir, pra mim, é uma homenagem e uma prova de confiança. Mas se não quiser, tudo bem também. Mas que é bom gozar dentro, é!

Beijar ou não depois?

Aí são só alguns caras que gostam, tem que tomar cuidado.

Eu beijo sem problemas. É meu, não é? Além disso, eu também vou querer te beijar depois de te chupar.

E quando o pau é grande / grosso, e isso dificulta as peripécias orais?

Segundo o Dr. Cocktop, tem alternativas maravilhosas, como:

Chupar e lamber só a cabeça; lamber o pau inteiro, desde a base, lambidas longas; masturbar enquanto dá lambidas e chupadas na cabeça; lamber o saco (com delicadeza senão dói); lamber o períneo; passar o pau na boca, no rosto, bater na língua, na bochecha.

Ainda acrescenta que tem um detalhe, algo que deixa qualquer chupada boa: quando a mulher fica meio descontrolada, lambe, chupa, bate o pau no rosto, aquele caos total, tudo ao mesmo tempo, sem ordem, descontrole geral: “é a intensidade que faz um oral ser bom”.

Então fui procurar algum vídeo que mostrasse uma boa chupada num pau grande. De todos que assisti, gostei demais deste:

http://www.redtube.com/19625

Não consigo linkar o vídeo como faço com o Youtube, mas é só ir até o endereço e deliciar-se.

Anúncios

3 Comentários

  1. Post bem interessante.

  2. Quem chupa deve sentir prazer em chupar, em sentir na boca, em pegar como se fosse o objeto mais precioso e valioso do mundo. Quando sou chupado assim, me sinto completamente realizado. É como se cada toque da língua e dos lábios fosse uma prova de devoção. Nessa hora o homem se sente um deus.

  3. videos e x


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s